Sistema de energia solar rural

A energia solar vem ganhando cada vez mais espaço no campo que, embora necessite de algum investimento inicial, no curto e médio prazo oferece economia e segurança para as atividades no campo.

Na prática, o fornecimento de energia passa a ser gratuito – o investimento se restringe a compra e instalação dos equipamentos necessários. De funcionamento simples, o abastecimento por energia solar depende da instalação de um sistema fotovoltaico, formado por painéis, inversores e baterias.

O crescente custo da energia elétrica das distribuidoras e concessionarias é uma preocupação para o agronegócio. A isso se soma a falta de segurança no fornecimento, que tem sofrido com as secas, apagões, falta de manutenção e investimentos nas redes de distribuição.

Até pouco tempo, a energia solar ainda encontrava dificuldades de armazenamento. Entretanto, novas tecnologias tornam o sistema acessível, ainda, o uso combinado de diversas fontes oferece segurança no fornecimento. Boas combinações têm se registrado com a adição de energia eólica por exemplo. Além disso, ter um sistema fotovoltaico não impede a continuidade de uso do sistema tradicional das distribuidoras..

Além do bombeamento de água, a energia solar tem sido usada para iluminação, ventilação e resfriamento de grãos em silos. Conforto animal e sistemas de ordenha também obtêm benefícios com a tecnologia, bem como resfriadores para produção leiteira e cercas elétricas para manejo de gado. A energia solar oferece ainda vantagens para controle do ambiente interno de estufas agrícolas.

Para o financiamento, existem linhas de crédito viabilizadas por diversas instituições públicas e particulares, como Banco do Brasil, Banco Santander, Sicredi ente outras. O Pronaf Eco inclui a aquisição e a instalação de equipamentos para a produção de energia fotovoltaica.

ECOBOX garante  economia e segurança ao agronegócio.

Add Comment